7 de dez de 2008

Beija-me!


Beije-me de maneira que eu possa sentir tua alma.
Escuta a voz do meu coração neste pedido com emoção.
De maneira simples na certeza ou não de me querer
Beija-me sem promessas mesmo sem entender!

Faz-me neste beijo mulher ou faz de mim o que quiser.
Na duvida beija-me, pois quero te fazer ver estrelas brilhar.
Beija-me o corpo inteiro, pois tudo é passageiro no amar.
Minta se preciso for eu me entregarei como meu primeiro amor.
Seja ousado não fale a idade viva comigo entre a fantasia e a realidade.

Beija-me com harmonia que eu transformo tudo em poesia.
E na sabedoria beija-me com arte porque vivo de magia.
Ou com amor beija-me que eu recito pra você todos meus dias
E encantaremos o mundo no amar sem asas voaremos
aos céus num eterno beijar

(Marisa Torres)

Um comentário:

comentários apenas sobre poesias.